segunda-feira, 7 de novembro de 2011

A eterna conexão de corações.

 Em cada linha há sempre um coração que pulsa com mais frequência. Há também em cada linha um coração que não sabe como declarar ou expor o tanto amor que sente por outra pessoa.
Em cada linha há sempre um coração que tenta trocar o amor que sente por alguém pelo ódio, mas mal ele pode compreender que entre ódio e amor há uma linha tão tênue que os dois sentimentos acabam fazendo parte de um mesmo contexto.

Em cada linha há um coração forrado de saudades e outro forrado de esquecimento. Há também em cada linha um coração confuso, há sempre um coração que cala de dor e outro que transcende de felicidade. Em cada linha há sempre um coração que chora, que implora e que diz "por favor, volta!". Mas há linhas em que existem corações que ignoram o que um dia amaram.

Em cada linha há corações que estão transbordando de amor e há também corações transbordando de rancor.

A eterna fusão e confusão e perdição de corações. Alguns calorosos, outros gelados. São tantas linhas invisíveis nessa conexão que liga os corações, que esta, em algum momento, acaba fazendo com que todos os corações se tornem uma única e grande ligação.

Texto escrito devido a um desenho que eu fiz na aula de Português hoje de manhã.
Beijo, C.

2 comentários:

  1. Olá flor passando pra conhece seu blog , e adorei tudo vc esta de parabéns estou seguindo vou adora ter vc no meu blog beijos flor..

    http://rosanadicasfemininas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. Olá, mto obrigada pela visita e por estar seguindo o meu blog!
    seguirei o seu tambem. bjo C

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...